O que é marketing educacional

O marketing em si trata da produção sob necessidade identificada no mercado e explora os pontos positivos de um produto, no caso do marketing educacional, o produto é o ensino oferecido, deve-se criá-lo sob necessidade de um público bem definido, um bom exemplo da produção sob o entendimento das necessidades são os Cursos EAD, Cursos Tecnólogos e as Universidades Corporativas.

EAD – criado sob a necessidade de tempo, ou melhor, a falta dele por parte dos alunos, por esse motivo, muito não conseguiam estudar de forma presencial.

Tecnólogos – cursos de ensino superior de curta duração com abordagem mais prática, voltado para pessoas que tem necessidade de formarem-se com mais rapidez.

Universidade Corporativa – Faculdades e Universidades tem se atentado ao antigo currículo, ensinando conteúdo que já não serve para as empresas, e essas, as empresas decidiram criar suas faculdades para atender suas necessidades, e gerar conhecimento para sua mão-de-obra.

Criando o produto entramos na segunda variável do marketing que é o desejo, pessoas tem necessidade de estudar por diversos motivos, e sua instituição deve gerar o desejo por sua escolha no momento de decisão do cliente, por isso, é necessário entender o que motiva seu cliente a buscar cursos que você ofereça.

Entenda então que o Marketing educacional nada mais é do que produzir sob necessidade, entender o que o aluno (empresa ou pais do aluno em alguns casos) espera e ofertá-lo utilizando todas as ferramentas de marketing para explorar da melhor forma possível seus pontos fortes.

 

Por Lucas Cruz, economista com especialização em Gestão e Marketing Digital pela Universidade Católica Dom Bosco e Marketing e Planejamento Estratégico pela IECO. É coordenador dos cursos de Administração e Logística na Unidez/Itanhaém.