Mobile-First Index: Como Criar Campanhas de Conteúdo para Celular

Todo ano, o Google faz por volta de 500-600 mudanças em seu mecanismo de busca.

E todo ano, empreendedores, SEOs e todo mundo precisa se virar para ficar à par de qualquer mudança que tenha sido feita.

Mas de vez em quando, o Google nos mostra seu plano.

É o caso da indexação mobile-first.

Desde 2016, o Google vem experimentando com métodos que permitirão que eles implementem a indexação mobile-first em seu mecanismo de busca.

Eles não ficaram muito quietos sobre isso também.

Mas com uma atualização recente, a longa espera finalmente chegou ao fim.

O Google começou a migrar sites que respeitam as melhores práticas para mobilepara indexação mobile-first.

E enquanto o Google prometeu dizer a todos quando seus sites mudarem, você não deve ficar esperando para ajustar sua estratégia de conteúdo.

Se você tem um negócio que depende do marketing de conteúdo para obter sucesso, precisa estar ciente de como essas mudanças irão afetar você.

Então para te tranquilizar e dar uma direção, eu juntei as melhores dicas e táticas para ajudar você a criar uma campanha de conteúdo mobile-first.

Mas antes, quero esclarecer para você o que a indexação mobile-first realmente significa para suas campanhas de conteúdo.

O que é indexação mobile-first?

O modo mais simples de conceitualizar a indexação mobile-first é pensar no seu site como duas entidades diferentes que funcionam juntas como um todo.

De um lado, você tem um site desktop.

De outro, tem um site mobile.

Quando um mecanismo de busca faz crawl em seu site, ele reconhece que existem duas versões “distintas” dele e os analisa de acordo.

Desde a criação dos mecanismos de busca e da invenção da navegação web mobile, o Google e outros mecanismos de busca têm estado mais focados em seu site desktop.

Mas com a indexação mobile-first, o Google moveu seu foco para enfatizar ainda mais seu site mobile.

Em outras palavras, seu site mobile será visto como a versão primária em vez do seu site desktop.

O que significa, em teoria, que se você já criou um site mobile-friendly não deve ter muito com o que se preocupar.

Mas quando se trata de conteúdo, você precisa fazer mais do que ser apenas mobile-friendly se quiser tirar vantagem de uma indexação mobile-first.

É provável que a infraestrutura do seu site vai ser mais importante do que nunca devido ao fato de que a navegação mobile pode rapidamente se tornar confusa ou atrapalhada.

Uma arquitetura plana como a mostrada acima faz seu conteúdo ser mais fácil de acessar, o que significa que também é mais fácil para mecanismos de busca fazerem crawl e indexação.

E tudo isso tem um papel em seu conteúdo fornecendo uma melhor experiência de usuário e alavancando seu SEO.

 

 

Fonte: neilpatel.com