Como iniciar uma estratégia de Vídeo Marketing

Por mais que o Vídeo Marketing seja importante para os negócios, esse formato ainda é pouco explorado e utilizado pela maioria das empresas.

A falta desse tipo de iniciativa pode ser explicada pelos custos que a produção de vídeos envolve, ou pelo fator de falta de conhecimentos sobre a área.

Por isso, no artigo de hoje nós trouxemos algumas dicas importantes para quem deseja investir pontualmente em uma estratégia de vídeo marketing. Lembrando que toda estratégia deve ter um objetivo muito bem definido. Vamos começar?

1-Definindo metas

Fazer vídeos “por fazer” não é uma estratégia muito inteligente, tampouco irá trazer os resultados que você precisa.

Por isso, antes de iniciar os trabalhos com vídeos é importante ter em mente algumas metas bem claras e estabelecidas, como:

  • Desejo aumentar o tráfego do meu site ou e-commerce?
  • Como vou mensurar o ROI dos vídeos?
  • Vou focar em uma estratégia para vender meus produtos ou serviços?
  • Vou fazer vídeos apenas com a finalidade de Branding?

Com esse primeiro passo, tudo fica mais claro para que a estratégia de vídeos ganhe forma.

2-Planeje suas ações

Planejar as ações é umas etapas mais importantes da estratégia (tanto de vídeos como de qualquer outra ação), pois é no planejamento que sabemos como as coisas ocorrerão num primeiro momento.

Por isso, saber como as coisas irão acontecer é tão importante quanto à execução em si. Dentro desse planejamento podemos citar:

  • Quais equipamentos usar? Acessórios profissionais ou somente o celular?
  • Vou usar o meu escritório ou alugar um estúdio?
  • Terei uma equipe ou farei tudo sozinho? Vou investir em um cenário?
  • Vou terceirizar a edição ou farei por conta própria?

3-Tenha equipamentos adequados

Por mais que você não tenha toda a estrutura de uma produtora ou de um estúdio, é imprescindível ter os equipamentos que irão proporcionar um mínimo de qualidade aos vídeos.

Um bom celular já pode ser o pontapé inicial, porém com o tempo e dependendo das suas estratégias, só ele também não será suficiente para manter a qualidade e a consistência da sua estratégia.

Com o passar do tempo e com os resultados obtidos é possível investir em equipamentos melhores e mais avançados.

Para a estrutura, por exemplo, hoje é possível alugar um estúdio profissional por demanda ou por hora. Com isso, é possível tornar os seus vídeos cada vez mais profissionais.

4-Preocupe-se com a pós-produção

A pós-produção é uma das tarefas necessárias para lapidar o vídeo e deixá-lo ainda melhor. Por isso ela é tão importante quanto o vídeo em si.

Na pós-produção é possível ajustar alguns pontos que não estão adequados, corrigir pequenas falhas de som ou até mesmo problemas técnicos que podem ocorrer na gravação do vídeo.

Além disso, é na pós-produção que podemos aplicar todas as ações de Branding e adequar o vídeo à estratégia da empresa.

A pós-produção envolve a edição do vídeo, cortes, aperfeiçoamento do áudio, inserção de vinhetas, logotipo e outros elementos que deixam o vídeo mais apresentável e cativante.

5- Fale a linguagem do seu público

Saindo um pouco da parte de produção vamos entrar em questões que dizem respeito aos usuários e clientes.

Ao produzir um vídeo é muito importante adequar a linguagem ao público-alvo. Esse é um conceito básico de Marketing e deve ser aplicado em qualquer ação de mercado.

Já imaginou ter todo o trabalho de produzir um vídeo e o mesmo não ser entendido ou ignorado pelo público? Esse é um dos maiores medos e objeções de quem começa a trabalhar com esse formato.

Adequar a linguagem é saber como se comunicar com determinado grupo de pessoas. E novamente, isso deve ser definido lá no início, quando falamos da importância dos objetivos e do planejamento.

6-Conte histórias

Fazer vídeos não precisa ser uma tarefa chata, mas muito pelo contrário. Por ser um formato mais dinâmico, a produção de vídeo envolve diversas pequenas tarefas.

Para deixar o vídeo ainda melhor e de forma mais natural possível é importante usar o conceito de storytelling que nada mais é do que contar histórias.

Saber contar boas histórias é um dos segredos para manter a audiência cativa e interessada no seu conteúdo.

Por isso, invés de seguir um roteiro chato e mecanizado, tente encaixar o seu conteúdo num formato que pareça uma história. Faça isso e veja a diferença!

7- Crie roteiros

Antes de começar a filmar ou produzir o seu vídeo é importante pensar no roteiro. Um roteiro serve para guiar o conteúdo e fornecer sentido lógico ao que será mostrado no vídeo.

Em outras palavras, ele serve para direcionar as ações que serão tomadas no decorrer do vídeo, entretanto não é obrigatório segui-lo a risca.

Por mais que você conte histórias legais, é preciso ter um “norte” e pontuar onde encerrará tal parte, em que momento serão inseridos os elementos visuais e até mesmo onde o vídeo terá fim.

Sem um roteiro o seu vídeo pode ficar bagunçado, com tópicos e assuntos misturados e sem lógica. Faz sentido, não é?

8-Planeje a distribuição do conteúdo

De nada adianta ter todo o trabalho de produzir um bom vídeo se ele não é visualizado e muito menos gera conversão.

Para fazer o vídeo atingir o maior número de pessoas é preciso pensar em como ele será distribuído pelos diferentes canais de mídia, além é claro, dos canais oficiais da empresa ou marca.

A distribuição em redes sociais, como Facebook, Instagram, Youtube e Twitter não é mais nenhuma novidade. O que importa mesmo é pensar em como esse vídeo pode ser viralizado.

Neste ponto, vale apostar em mídias alternativas como os grupos específicos, canais e parcerias com outros sites ou veículos de grande abrangência.

Conclusão

Agora que você já sabe da importância dos vídeos para a sua estratégia de marketing experimente utilizar essas dicas para aprimorar ainda mais a sua produção de vídeo.

Ah! E não se esqueça de que o segredo dos bons vídeos está em seu conteúdo, pois de nada adianta um vídeo super produzido com um conteúdo raso.

 

 

Fonte: marketingcomcafe.com.br