Tendências no Marketing Digital para 2019

As mídias digitais, bem como, a tecnologia e os dispositivos eletrônicos, afetam diretamente a dinâmica no marketing digital.

A cada salto tecnológico e as constantes mudanças no comportamento de consumo, as estratégias para persuadir e vender precisam ser atualizadas. Nessa lista estão as principais tendências em estratégia digital para 2019:

 

Chatbots: o crescimento global do mercado de chatbots deverá ser a taxas anuais de 24% até 2025, segundo relatório da Grand View Research. A empresa estima que o mercado global de chatbots será de US$ 1,23 bilhão em 2025. Os chatbots já estão presentes em diversas páginas no Facebook, inclusive em sites de algumas empresas. Os chatbots são capazes de fazer um orçamento sozinhos, manterem contato próximo com o cliente, venderem produtos e serviços, além de aliviarem a carga interna de atendimento nas empresas, diz Diego Brito, CEO na agência General Marketing – especialista em marketing digital e estratégia de negócios. “Temos cases de clientes onde os chatbots que desenhamos chegam a praticamente substituírem os vendedores e atendentes da empresa, tamanha é a eficiência dessa tecnologia”, complementa Diego.

Transmissão ao Vivo (lives):

As lives são vídeos ao vivo que podem ser realizados através de redes sociais, tais como, Facebook, YouTube e Instagram. Segundo pesquisa realizada pela empresa Livestream, em conjunto com a New York Magazine, 73% dos negócios B2B (business to business) que já utilizaram lives, tiverem um ROI (return on investment) positivo. Além disso, 97% das empresas sinalizaram que tiveram um aumento no interesse por seus produtos e serviços.

 

Marketing de Influência:
Segundo pesquisa realizada pela Linqia, 86% dos profissionais de marketing utilizaram a estratégia de marketing de influência em 2017. Entre estes entrevistados, 92% sinalizou que acredita que o marketing com influenciadores digitais é eficiente. Essa estratégia de marketing consiste em fazer parcerias com influenciadores digitais, para que estes, através de seus perfis nas redes sociais, recomendem produtos e serviços. Sendo possível realizar essa estratégia não só com pessoas famosas, mas também, com micro influenciadores, que são influenciadores com uma menor quantidade de seguidores, porém, com relevância em um nicho de mercado específico.

Business Intelligence (BI) e Big Data:
A inteligência de negócios ou business intelligence, no marketing digital, são processos, técnicas e ferramentas que auxiliam na visibilidade das estratégias e de seus indicadores de performance (KPI’s). Na área de BI, um recurso bastante utilizado são os dashboards, painéis que ajudam a ter visibilidade em tempo real das estratégias em andamento. Já o big data é a possibilidade de mapear e consultar um volume enorme de dados e poder extrair informações, como por exemplo, através de ferramentas de consulta por palavras-chave. Ao aliar inteligência de negócios com big data é possível tomar decisões melhores e potencializar a geração de leads para um negócio, diz Diego Brito, especialista em marketing digital e CEO da General Marketing. “A estratégia digital é o que fará as empresas gastarem menos dinheiro em suas campanhas de marketing e terem um maior controle do seu funil de vendas”, finaliza Diego.

 

As tendências e novidades no marketing digital surgem a todo o momento, pois essa é uma área dinâmica e em constante evolução. Acompanhar a velocidade dessas mudanças é um desafio a ser perseguido.

 

Fonte: exame.abril.com.br