Quem abandonou o carrinho de compras é um potencial cliente. Relacione-se com ele!

As 3 principais causas do abandono do carrinho

1. Custos inesperados

Conforme afirmamos, o tempo, valor de entrega e frete em comparação a outras lojas, além de custos inesperados, podem sim levar ao abandono do carrinho. Segundo o infográfico da ConversionVoodoo, 56% dos compradores afirmaram que a existência de custos inesperados é a razão pela qual eles deixam de concluir a compra. Você, no papel de consumidor, provavelmente já enfrentou essa situação também. Quem nunca abandonou o carrinho ao descobrir que após incluir um item no mesmo, no checkout, foram apresentadas taxas adicionais ou encargos que não estavam transparentes na página original do produto? Você acaba se sentindo inseguro em relação à compra e, por fim, desiste.

2. Site muito lento

Muitas lojas online se hospedam em servidores de baixa performance, e como resultado, o site demora para carregar ou até mesmo apresenta falhas. A Shopify, por exemplo, inicialmente, hospedou seu site em um servidor de baixo custo, mas com um host que não conseguia lidar com o tamanho do tráfego. Quando modificaram para um que carregava mais rápido, tanto a visibilidade quanto as vendas aumentaram em 15%.

3. O valor do produto é apresentado em moeda estrangeira

Com o advento da internet, a globalização e todos esses movimentos de transações internacionais, a maioria das lojas online está aceitando pedidos fora de seus país de origem. Entretanto, muitos abandonam o carrinho quando percebem que o valor do produto não estava sendo apresentado em sua moeda local.

Agora que já elencamos as principais causas, é importante entender sobre o estágio “antes do abandono” do carrinho. Ou seja, quando o cliente ainda está em seu site muitas coisas podem dar errado.

O estágio antes do abandono do carrinho

A seguir, separamos alguns ações que você pode seguir para evitar esse abandono. Faça do seu checkout um processo ainda mais eficaz:

1. Seja visual

Fornecer imagens em miniatura clara dos itens reais é fundamental. É preciso haver transparência sobre o que o cliente está comprando. Além disso, demonstrar o produto através de imagens é muito melhor para as vendas.

2. Logotipos de segurança

Segundo um estudo da Statistia, 17% dos consumidores não compram pela web, pois estão preocupados com a segurança. Para comprovar essa questão, a Get Elatic fez um teste, e ao colocar logos de segurança no site, as vendas aumentaram em até 6%. Por esse motivo é fundamental utilizar esses logotipos em seu site e, além disso, testar o melhor posicionamento.

3. Torne a compra fácil

É importante que as páginas de checkout não sejam bloqueadas e que a edição do carrinho seja fácil, assim a compra se torna mais fluída, evitando o abandono.

4. Ofereça métodos de pagamento diferentes

Além de oferecer os métodos tradicionais, como: Vista, Mastercard, American Express e Paypal, é importante oferecer outras soluções de pagamento, de acordo com sua audiência e a segmentação do seu público-alvo. A empresa FreshGigs, por exemplo, verificou um aumento de 15% em seu checkout apenas porque incluiu a opção de pagar com o American Express, que não era oferecido anteriormente.

Mas, algumas vezes, não tem jeito. O cliente abandona o carrinho. Mas e o que fazer?

Saiba que quem abandonou o carrinho de compras é um potencial cliente. Por isso, fale com ele!

Fonte: contentools.com.br