Mídia programática – Por que investir?

Aqui em nosso blog já foi abordada a questão da mídia programática.

O assunto permanece em expansão, portanto vamos nos aprofundar em alguns pontos que merecem atenção. Vamos entender por que investir em mídia programática, que figura entre as ações de marketing automation, uma grande tendência atual. Então veja 5 motivos por que você deve se preparar para esse tipo de investimento.

1 – Porque será inevitável

Um estudo do eMarketer aponta que a automação será responsável por aproximadamente 50% do mercado digital norte-americano em 2014. A expectativa é de que os investimentos atinjam até 63% dos gastos com anúncios display. Grande parte desse crescimento virá de canais móveis. A projeção é que o mobile ultrapasse o desktop já no início de 2015, contabilizando 56,2% das despesas totais de mídia programática.

2 – Porque permite personalização em escala

Através da mídia programática é possível trabalhar anúncios com conteúdo individual e personalizado. O retargeting é uma das funcionalidades, que segmenta audiência, impactando apenas pessoas que já tiveram algum tipo de interação com a marca, como os usuários que colocam um produto no carrinho e o abandonam ou aqueles que apenas navegaram no site. O uso da mídia programática associada a uma boa estratégia de lyfe cicle marketing por e-mail pode garantir bons resultados de relacionamento antes e depois da venda.

3 – Porque potencializa os investimentos

A compra de mídia programática pode ser realizada a partir de dois métodos: ofertas em tempo real – ou “real-time bidding” (RTB) – e compra direta. Hoje, o responsável pelo crescimento é o RTB – uma espécie de leilão em que a transação de anúncios display ocorre em tempo real. Por se tratar de um sistema automatizado, as ferramentas trabalham com precificação inteligente impressão por impressão, maximizando a eficiência dos investimentos, ou seja, comprando somente os espaços que realmente têm potencial de resultados.

4 – Porque não é exclusividade da internet

A unificação da compra de mídia é um sonho para qualquer anunciante. Isso permite um maior controle sobre os espaços e investimentos, além da economia de tempo. A mídia programática era uma realidade apenas para aquisição de espaços na web. Mas MTV, Fox Sports, E!, Discovery e A&E já são algumas das grandes emissoras que começarão a vender anúncios no horário nobre por meio de soluções programáticas. Isso significa que estão abandonando o método tradicional de venda de mídia. No entanto a adoção dessa prática pela TV só acontecerá, por enquanto, na Austrália. É apenas uma questão de tempo até chegar a outros lugares do mundo e a outras mídias.

5 – Porque você pode sair na frente

Segundo o IDC (International Data Corporation), o gasto com esse tipo de mídia no Brasil,em 2013, chegou a 9 milhões de dólares, o que representa um aumento de 150% em relação ao ano anterior. Para 2017, a expectativa é que esse gasto salte para 60 milhões. Ou seja, a compra programática no país ainda é incipiente se comparada a outros mercados. Pode ser a oportunidade de se estar à frente da concorrência ao usar essa tecnologia a favor da sua marca.

 

 

 

Fonte: http://blog.pmweb.com.br