Como um site que não é e-commerce gera vendas?

Há uma diferença básica no processo de vendas de um e-commerce ou de um negócio em que a concretização da venda acontece off-line: No e-commerce, o processo é mais rápido, com o cliente concluindo a venda sozinho a partir do momento em que ele chega ao site, bastando clicar em “Comprar”. Já em empreendimentos em que a venda acontece em negociações (que é a maior parte dos casos, como no B2B, ou qualquer outro negócio B2C em que o consumidor precisa ser atendido por alguém), um site institucional tem fundamental importância para atrair interessados em adquirir o produto ou serviço.

Mas tomando o cuidado para alinhar seus esforços de vendas com as estratégias digitais, há coisas que você pode fazer mesmo em um site institucional para sempre gerar leads e, consequentemente, mais vendas. Para isso, cuide para que seu site:

– Tenha um bom design (só conteúdo de qualidade não faz milagre… A apresentação também conta muito);

– Seja bem programado (a experiência do internauta em seu site vai depender bastante disso);

– Tenha uma hospedagem de qualidade. Isso afeta a velocidade do site (assim como a programação), sem contar que deve manter seu site no ar 100% do tempo, livre de problemas;

– Esteja sempre atualizado, e com informações relevantes para seu público alvo. Mesmo listado por último, este é um dos mais importantes pontos para que seu site esteja sempre atraindo clientes e, além disso, conduzindo-os ao longo dos estágios da negociação.
Por Eduardo Lara, tem mais de 15 anos de experiência na área comercial, incluindo supervisão de equipe para venda de GED Docuware e equipamentos de impressão Okidata, Canon e HP.

Foto: Divulgação.