A sua marca tem um propósito?

Sua marca é?

 Sua promessa – Por exemplo, a rede Starbucks, que promete “fazer o seu café perfeito”.

 Sua reputação – Se a sua reputação é arranhada, vai ser muito difícil você recuperar isso. É o que chamamos de gerenciamento de crise. Tente identificar os seus pontos de vulnerabilidade e fazer um plano de ação para você conter essa crise caso venha a acontecer.

 O que ela faz e fala – “O que a gente mais vê hoje em dia são marcas falando A, fazendo B, prometendo C, entregando D. Pense muito bem se tudo que a sua marca está falando, ela está fazendo. Em todos os níveis: de negócios, de comunicação, de entrega.”

Estratégias de Branding

O Branding é um processo que alinha três estratégias:

 Estratégia de marca – Define a personalidade de uma marca e sua cultura corporativa.

 Estratégia de negócios – Define a oferta de produtos e serviços, e o modelo comercial.

 Estratégia de comunicação – Planeja e implementa o diálogo entre a marca e seus públicos de relacionamento, compartilhando valores e diferenciais competitivos.

Um Branding bem feito não trabalha só marca. Ele trabalha negócios, marca e comunicação..

E o propósito, afinal?

As marcas fazem parte de um ecossistema. Eu quero que você tenha em mente que a gente está num processo de extrema conexão. Pense que a sua empresa não está sozinha no mundo. A gente faz parte de um ecossistema de mundo, sociedade e a sua marca no meio, fazendo parte disso tudo. Pense sempre num contexto mais amplo.

Qual é o impacto que a sua marca pretende deixar no mundo? É muito mais do que vender alguma coisa ou prestar algum serviço. Qual o impacto sobre os seus fornecedores, clientes e colaboradores? Os colaboradores devem ser os seus primeiro clientes. Eles acreditam no propósito da empresa ou estão lá trabalhando por trabalhar?

 

 

Fonte: eusouempreendedor.com