7 Dicas De Marketing Para Sua Pequena Empresa

Neste cenário, é preciso sempre estar um passo à frente para se destacar da concorrência. E uma ótima maneira de fazê-lo é através do investimento em marketing. Para te ajudar a se destacar da concorrência e alavancar o seu negócio, vamos te dar neste artigo 7 dicas extremamente úteis de marketing.

O brasileiro é um povo conhecido por sua criatividade, e para comprovarmos isso nem precisamos ir muito longe: basta olharmos para a riqueza cultural e intelectual do país, que se manifesta nas mais diversas esferas da atividade e, sendo assim, o universo dos negócios não fica de fora.

Podemos afirmar que o Brasil é um país empreendedor, e grande parte deste empreendedorismo se dá em micro e pequenas empresas. Segundo dados do SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas) para ano de 2011, há no país 9 milhões de MPEs, que juntas são responsáveis por 52% dos empregos com carteira assinada no setor privado e por 27% do PIB (Produto Interno Bruto).

Com os dados acima podemos chegar a duas principais conclusões: as MPEs são de extrema importância para a economia nacional; e a concorrência entre as MPEs e mesmo entre MPEs e gigantes de seus respectivos setores é extremamente alta.

Neste cenário, é preciso sempre estar um passo à frente para se destacar da concorrência. E uma ótima maneira de fazê-lo é através do investimento em marketing. Para te ajudar a se destacar da concorrência e alavancar o seu negócio, vamos te dar neste artigo 7 dicas extremamente úteis de marketing.

1. Informe-se. Por mais óbvio que pareça, esta dica é essencial para se destacar com solidez no mercado. Informações detalhadas sobre os perfis – idade, classe econômica, renda, sexo, dentre outras – de pessoas que compreende seu público-alvo (consumidores e clientes em potencial), e sobre as ações e estratégias utilizadas por seus concorrentes é um ótimo começo. Esta tarefa é primordial porque impactará outras partes do processo.

2. Tenha um plano de marketing. Este plano é tão fundamental quanto o plano de negócios ou o planejamento tributário. É nele que você usará as informações da dica acima e outras (como o comportamento de compra do público-alvo). O principal objetivo deste plano é analisar quais os fatores internos e externos podem interferir no andamento de seu negócio e, a partir daí, começar a traçar estratégias, todas seguindo um cronograma e com ações bem definidas.

3. Ofereça serviços, e não somente produtos. É muito comum e amplamente adotada nas empresas dos mais variados portes e ramos de atuação a divisão entre aquelas empresas que oferecem produtos e aquelas empresas que oferecem serviços. No entanto, mesmo as empresas que trabalham exclusivamente com produtos devem oferecer serviços, como o pós-venda. O bom serviço de pós-venda, feito com atenção e tendo em vista a valorização do cliente, é fundamental para a empresa, já que pode mesmo fidelizá-lo.

4. Invista em comunicação. Para que as pessoas consumam os produtos e serviços de sua empresa, é necessário primeiramente que elas saibam da existência dela. Assim, a comunicação torna-se uma ferramenta primordial. Flyer, busdoor, outdoor, panfletos e anúncios em rádio são somente alguns exemplos de meios de comunicação para as MPEs. Mas é primordial que a escolha do meio leve em conta o público e as necessidades da empresa para ser plenamente eficaz. Por exemplo, é muito improvável que o anúncio em televisão seja eficaz para MPEs, pois além de custar caro, é um meio massivo, que conflita com a área geográfica de atuação deste tipo de empresa, que atua a nível local e/ou regional.

5. Marque presença na web. A web é uma ótima ferramenta para as MPEs, pois possui inúmeras vantagens. A primeira delas é o baixo investimento requerido. Fazer e manter um site e ter contas ativas em redes sociais custa pouco dinheiro, além de elas terem amplo alcance. Uma segunda vantagem pode ser encontrada na consolidação da imagem da empresa, que com o investimento e estratégia certos – um blog atualizado constantemente e com conteúdo de qualidade, por exemplo – pode tornar-se referência muito mais rapidamente na web do que no mercado físico.

6. Calcule o retorno de marketing. Como tudo no mundo dos negócios, o investimento em marketing deve ser quantificado, pois é a partir dessa quantificação é possível obter tanto o retorno financeiro das ações quanto saber quais as estratégias que não estão dando certo e quais estão saindo conforme o planejado.

7. Invista na imagem da empresa. O sucesso de uma empresa engloba muito mais que a qualidade de seus produtos e serviços, pois a imagem da empresa é fundamental. Uma empresa só é referência no mercado quando o consumidor a reconhece imediatamente através seu logotipo. Assim, ele deve ser cuidadosamente planejado e executado, seja em sua criação ou em sua remodelação.

Com as dicas de marketing dadas acima temos certeza que seu negócio terá ainda mais sucesso. E caso você precise de uma mãozinha na aplicação das dicas, conte com os serviços da SollideLogo. Aparência pode não ser tudo, mas é fundamental.

Fonte: http://www.segs.com.br/