4 dicas para recrutar embaixadores de marcas

Mais do que consumidores, algumas marcas conquistam verdadeiros seguidores. São pessoas apaixonadas, dispostas a divulgar e defender uma empresa para familiares e amigos. Ao contrário dos evangelizadores profissionais, esses embaixadores não fazem esse trabalho em troca de um salário ou benefício pessoal. Eles simplesmente querem compartilhar como uma determinada marca melhora as suas vidas. Para ajudar a recrutá-los, Lisa Barone, colunista do blog Small Business Trends, sugere um planejamento dividido em quatro etapas.

1. Priorize o consumidor real

Em vez de criar estratégias para os chamados influenciadores das redes sociais, observe quem são as pessoas comuns que acompanham sua empresa nesses canais. O consumidor que comenta a sua página no Facebook ou compartilha os seus tweets com frequência é um fã em potencial.

2. Capriche na experiência de compra

Segundo um estudo realizado pela eMarketers, o fator mais determinante de recomendações é a experiência de compra. A pesquisa aponta que a vontade de compartilhar um serviço eficiente é responsável por 50% das indicações para amigos.

3. Promova interação

Todo mundo gosta de receber brindes e descontos. Essa estratégia pode ajudar na conversão de vendas, mas não cria vínculos. É mais interessante estabelecer canais que permitam a interação com o consumidor, fazendo com que ele se sinta parte do negócio.

4. Tenha bons produtos

Antes de tudo, embaixadores de marcas são motivados por boas oportunidades de consumo. Desse modo, os produtos oferecidos pela empresa devem estar alinhados com os valores corporativos divulgados no mercado.

 

Fonte: Revistapegn.globo.com | Foto: Divulgação.